Diário de Bordo: Marrocos

Boa noite!

Hoje vim contar a vocês tudo sobre minha viagem á Marrakech – Marrocos… Preparados?

Vistos: Brasileiros não precisam de visto para estadias de turismo em Marrocos até 90 dias. Apenas precisam de apresentar passaporte com, no mínimo, 3 meses de validade.

Fomos em um grupo de 13 pessoas. Saímos de casa bem cedo, no primeiro ônibus, 5:50 am, e fomos até o aeroporto. Chegando lá, fizemos o check in, passamos pela polícia federal da Espanha e embarcamos a nossa tão esperada e temida viagem!

Saindo do avião, nos encaminhamos para a fila da polícia federal da Marrocos, até que uma amiga percebeu que tinha perdido a carteira. Aí foi uma correria, foi até o avião e a carteira não estava! Resumo: a carteira foi perdida no Aeroporto de Madrid e isso mudou muito nossos planos.

A moeda do Marrocos é o Dirham (Dh), troquei 100€ que foi equivalente á 1.010,00Dh. Na verdade troquei 50€, e minha amiga mais 50€, trocamos tudo isso porque tínhamos que emprestar a nossa amiga que perdeu a carteira. Mas no final o dinheiro sobrou! E olha que gastamos!

Nosso grupo contratou um passeio com guia, que estava incluso passeio de camelo no deserto do Saara, jantar, noite em uma tenda, café da manhã e o transporte para o Hostel, tudo por 50€. Como nossa amiga perdeu a carteira, eu e mais uma amiga, desistimos do passeio para ficar com ela. Mas os quem foi adorou, então vou indicar pra vocês: https://www.facebook.com/aldesiertocon.omar.9

1476264_553488531396592_379931373_n

A cidade não tem trem/metrô então, se você não contratar o serviço acima, você vai ter que pegar ônibus (que é complicado) ou táxi. Se for pegar táxi, prepare-se pra negociar, em Marrocos você sempre terá que negociar tudo! Eles colocam o preço de tudo lá em cima!! O primeiro valor que o táxi me cobrou foi 250Dh, depois de quase 1 hora de negociação e contestações, eles abaixaram pra 90Dh, correspondente á 9€, percebeu a diferença? Depois de negociar, aperte a mão, para garantir que no final da corrida, ele não irá mudar o preço.
Depois de nos deixarem próximo ao hostel – não era possível a entrada carros na rua no hostel – pedimos ajuda a um menino para nos ajudar a chegar. Quando eles nos deixou no nosso destino, suspendeu a mão e pediu 250Dh, é mole? Educadamente explicamos que não tínhamos todo aquele dinheiro, e demos 30Dh, correspondente a 3€.
Chegando no nosso Hostel, Equity Point Marrakesh, é um dos mais próximos da principal praça e mais próximo do bairro Medina, além de ter café da manhã incluso. Infelizmente o lugar é mal sinalizado, fique atento, a cidade é cheia de vielas escuras, e esse hostel fica em uma dessas vielas. Como chegamos cedo, deu tempo de descansar e ir para Medina passear e conhecer um pouco do lugar. 

A cidade não tem trem/metrô então, se você não contratar o serviço acima, você vai ter que pegar ônibus (que é complicado) ou táxi. Se for pegar táxi, prepare-se pra negociar, em Marrocos você sempre terá que negociar tudo! Eles colocam o preço de tudo lá em cima!! O primeiro valor que o táxi me cobrou foi 250Dh, depois de quase 1 hora de negociação e contestações, eles abaixaram pra 90Dh, correspondente á 9€, percebeu a diferença? Depois de negociar, aperte a mão, para garantir que no final da corrida, ele não irá mudar o preço.

Depois de nos deixarem próximo ao Hostel – não entra carros na rua no hostel – pedimos ajuda a um menino para nos ajudar a chegar. Quando eles nos deixou no nosso destino, suspendeu a mão e pediu 250Dh, é mole? Educadamente explicamos que não tínhamos todo aquele dinheiro, e demos 30Dh, correspondente a 3€.

Chegando no nosso Hostel, Equity Point Marrakesh, é um dos mais próximos da principal praça e mais próximo do bairro Medina além de ter café da manhã incluso. Infelizmente o lugar é mal sinalizado, fique atento, a cidade é cheia de vielas escuras, e esse hostel fica em uma dessas vielas. Como chegamos cedo, deu tempo de descansar e ir para Medina passear e conhecer um pouco do lugar.

No outro dia, os outros colegas chegaram do deserto e aí foi só alegria! Pudemos sair mais e pra mais longe, já que estávamos acompanhados de homens. Sim, infelizmente o país é retrogrado nesse sentido, então aí vai algumas importantes dicas para as mulheres:  não ande nas medinas (cidades velhas) após o fechamento das lojas, não entre em cafés onde haja apenas a presença do sexo masculino e não consuma bebida alcoólica em público.

Por fim, apesar de Marrocos ser um país muito pobre, é muito lindo, com toda certeza voltaria! Além de tudo, as passagens são muito baratas, então aproveite e não deixe de conferir os principais pontos turísticos: Medina de Marrakech,Ecomusee Berbere, Station Marrakesh, Mesquita e Minarete de Koutoubia, El Badi Palace e muitos outros que infelizmente não deu tempo de conhecer, mas tenho certeza que deve ser lindo!

1385674_694120150606629_175623289_n

Espero que tenham gostado!

Dúvidas, sugestões? Deixe seu comentário!

ass

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: