O que jovens prodígios tem a nos ensinar?

Image

 

Eu li uma notícia esses dias, de um menino prodígio que conseguiu inventar um teste que detecta o câncer de pâncreas em 5 segundos, e é 26 mil vezes mais barato, 168 vezes mais rápido e 400 vezes mais sensível que o utilizado atualmente, importantíssimo para o avanço da medicina e para que as pessoas sofram muito menos e tenham muito mais chances de sobrevivência.

Esquecendo um pouco a parte científica, uma coisa que me chamou muita atenção é que é um menino de apenas 15 anos que normalmente estaria saindo e jogando bola com os amigos, provavelmente está abdicando de uma fase que todos adoram que você não é mais criança, mas também não tem as responsabilidades de um adulto, para poder ficar estudando e fazendo pesquisas e testes cada vez mais profundos ao invés de se divertir, simplesmente até onde eu enxergo, com um sentimento mais forte, que nutre essa raça de ajudar o outro, e não de ganhar fama, nem dinheiro, óbvio que é um atrativo muito grande, mas acredito que a gasolina disso tudo seja melhorar a vida das pessoas.

Eu parei pra pensar no clichê “vivemos em um mundo egoísta, capitalista, tudo é individualismo e dinheiro, jeitinho brasileiro e etc.”, mas ainda existe gente que abre mão da sua vida para ajudar uma causa, ou pessoas específicas, existem ativistas de alguns movimentos que arriscam sua própria liberdade em prol de uma causa, de uma mudança no mundo. Ta na hora de enxergar um pouco além do material, do palpável, nós da Versa, por exemplo, trabalhamos voluntariamente, não ganhamos um centavo e às vezes é necessário até tirar do nosso bolso para que certas coisas aconteçam, mas a experiência que ganhamos em troca vale tanto quanto uma bolsa ou um auxílio que normalmente é dada ao estagiário de uma agência. Às vezes uma sensação vale mais que algo sólido e visível que você possa expor para a sociedade e ganhar certo status. Essa descoberta de Jack Andraka vai angariar dinheiro, e status obviamente e acho que tem que ter sim, pois é uma forma de valorizar o trabalho dele e seria hipocrisia da minha parte dizer que dinheiro e status é uma merda, pois todos ligam para isso mesmo que minimamente, mas vamos nos esforçar para que não seja o primeiro plano da nossa vida, que ser uma pessoa melhor e ajudar com que os outros sejam pessoas melhores sim seja um bom primeiro plano de vida!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: